A REVOLUÇÃO DOS PAGAMENTOS DIGITAIS COM CRIPTOMOEDAS

17 de maio de 2024

Uma nova incursão no mundo dos pagamentos digitais está prestes a potencializar a conveniência e a acessibilidade das criptomoedas para milhões de usuários em todo o mundo. Com mais de 30 milhões de adeptos, a MetaMask está na vanguarda dessa revolução, colaborando com um gigante dos pagamentos, conforme reportado recentemente pela CoinDesk.

O que está em teste é nada menos que um cartão de pagamento revolucionário, nascido da colaboração entre a MetaMask e uma empresa líder no setor de pagamentos. Se bem-sucedido, esse cartão seria um marco, sendo a primeira solução de pagamento web3 totalmente descentralizada, alavancando a tecnologia blockchain para eliminar intermediários.

Essencialmente, o cartão permitirá que os usuários utilizem suas criptomoedas em transações cotidianas, sem a necessidade de conversão para moedas fiduciárias. Isso significa que, ao invés de depender de instituições financeiras tradicionais, os consumidores poderão gastar suas criptomoedas diretamente, ampliando significativamente as opções de uso e adoção das criptomoedas.

Não é surpresa que grandes nomes como a Mastercard estejam explorando ativamente o potencial das criptomoedas e da tecnologia blockchain. Além dessa parceria com a MetaMask, a Mastercard já vem colaborando com empresas do setor de criptomoedas, buscando maneiras de integrar esses ativos ao seu ecossistema de pagamentos confiável e transparente.

Enquanto isso, a concorrência também está atenta ao potencial das criptomoedas. A Visa, por exemplo, tem explorado soluções baseadas em blockchain, como o uso da stablecoin USDC e a colaboração com a blockchain Solana, visando otimizar pagamentos transfronteiriços e expandir suas operações para o universo das criptomoedas.

Embora os detalhes específicos sobre o projeto ainda não tenham sido oficialmente divulgados, essa iniciativa destaca o reconhecimento da indústria de pagamentos global sobre o potencial disruptivo das criptomoedas e da tecnologia blockchain. Através de parcerias estratégicas e inovação contínua, as empresas estão moldando um futuro onde os limites entre os mundos Web2 e Web3 se tornam cada vez mais fluidos, proporcionando novas oportunidades e experiências para os consumidores em todo o mundo.

DIREITO CONSTITUCIONAL

O INCONSTITUCIONAL PREGÃO DO SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL

A recente iniciativa do próprio STF em realizar o Pregão Eletrônico n. 90029/2024, que visa contratar serviços de monitoramento online e em tempo real da presença digital do tribunal em redes sociais, levanta preocupantes questões de coerência e respeito aos mesmos princípios constitucionais que o tribunal anteriormente defendeu